Localização

Para quem segue rumo ao norte da ilha, o final da pavimentação e a estrada de terra não significam o fim do passeio. Na ‘Ponta das Canas’, como é conhecido o ponto onde a rua chega dentro do Parque Estadual, a sinalização avisa a distância para as próximas praias: Pacuíba e Jabaquara. Deste ponto em diante, a próxima opção de atendimento, único no norte da ilha com infraestrutura dentro do Parque Estadual, é o Espaço Tangará.

A Praia do Jabaquara, que é uma das mais preservadas de Ilhabela, fica entre a praia do Pacuíba e a da Fome, a cerca de 22,5 km ao norte da balsa e 17 km da vila de Ilhabela. Ela tem 50o metros de faixa de areia e é uma das mais visitadas da ilha, mesmo sendo isolada. Isso porque oferece um ambiente calmo e repleto de belezas. Atrai durante todo o ano frequentadores e exploradores que chegam fazendo trekking, trilhas de bicicleta, moto, carro, 4×4, passeio de escuna, veleiro, ou lancha, mas também moradores e vizinhos à passeios vindos de outras praias do litoral norte paulista. A praia durante o verão chega a receber mais de 2000 visitantes ao dia.

Por que visitar Ilhabela?

Com 83% de sua área preservada pelo Parque Estadual de Ilhabela, a cidade abriga a maior reserva de Mata Atlântica do planeta. Sinônimo de flora exuberante e fauna rica em diversidade, a beleza local pode ser vista ainda em suas 42 praias de diferentes estilos e cachoeiras abundantes.

A cerca de 200km da capital, é um dos principais pontos de turismo do litoral norte paulista, destino de cruzeiros e rota de navegantes desde sempre – piratas ingleses frequentavam seu litoral há séculos. A estância turística chega a receber até dois milhões de visitantes através de suas balsas e embarcações de passagem durante o ano, além de sediar importantes eventos esportivos, como a Semana Internacional de Vela de Ilhabela, maior evento de vela da América Latina.

Para completar a magia da cidade, a charmosa e variada rede hoteleira oferece conforto acima da média. A farta gastronomia de alto padrão, bem como uma movimentada e musical vida noturna, aliada ao clima tropical e redutos paradisíacos, fazem dela um destino para o ano inteiro. A População flutuante pode ainda chegar a 50.000 pessoas, como durante a Semana de Vela de Ilhabela em 2016.